BIOGRAFIA


     Motivada pelo projeto do músico Fernando Brito, a banda Do Brás surgiu em 2008 reunindo músicos inspirados em levar aos palcos a diversidade musical brasileira em releituras de músicas instrumentais e grandes clássicos da MPB, misturando ritmos que vão do samba ao baião, do soul a bossa nova em levadas dançantes, com swing e muito balanço. 

POR QUE “DO BRÁS” 

     Em seu nome a banda homenageia a importância do bairro Brás na história e desenvolvimento de São Paulo – um dos principais polos de misturas étnicas e culturais da capital, que integra no mesmo espaço migrantes, imigrantes, operários e feira popular, gerando uma identidade única e genuína no centro da maior cidade do país. 

     “Do Brás” foi um termo comum nas periferias que crescemos entre os anos 80 e 90. Tudo vinha “do Brás”. Nessa época, junto com outras regiões como  Largo da Batata, Largo Treze e 25 de Março, o Brás se tornou um dos bairros mais populares da cidade e referência de mercado informal na América Latina, com alto fluxo de famílias, consumidores, ambulantes, “sacoleiros”, refletindo um período marcado por instabilidades econômicas e políticas, mas acima de tudo, refletindo uma forte manifestação suburbana “de fora para dentro” da cidade.

     Em outras palavras, do Brás ao Bixiga e Barra Funda, da Vila Madalena a São Remo e Rio Pequeno, do samba ao baião, do soul a bossa nova, a mistura de culturas e ritmos é a principal base de nosso nome e projeto musical.

     Quando nos perguntam “vocês são do Brás?”, confessamos: não somos. Mas o Brasil é “do Brás”, nossa música é do Brás.

INTEGRANTES

Fernando Brito – Voz / violão
Anderson Costa – Baixo
Dodo Silva – Bateria
Fábio Leandro – Teclados
Daniel Cancello – Sax / Flauta
Wellington Viana – Sax